agosto 21, 2004

Acidente com um avião TAP

Pequena aeronave ao serviço de uma empresa na origem do incidente.
O aparelho que esta manhã entrou em rota de colisão com o avião da TAP era uma pequena aeronave. A bordo estava apenas o piloto e co-piloto. Trata-se de um beach craft, um pequeno avião turbo-hélice que fazia a viagem entre a Terceira e Lisboa
A empresa dona do avião descarta qualquer culpa, afirmando que estava a cumprir o plano de vou pré-estabelecido.
Depois da aterragem, os passageiros foram assistidos, tendo alguns deles sido transportados para o hospital local.
O avião, com 133 passageiros e oito tripulantes a bordo, tinha descolado de Lisboa às 08h20.
Na aproximação ao aeroporto das Lajes, e perante o alerta de rota de colisão, o comandante teve de proceder, de imediato, à necessária manobra de descida rápida, acabando por aterrar em segurança às 09h40. Para o fazer teve de baixar a altitude e pela urgência, quem se compreende, não houve tempo de avisar os passageiros, que sem cinto, bateram na parte de cima do avião.
O incidente é inédito na história de cinco décadas do aeroporto das Lajes, que serve a aviação civil e militar na ilha Terceira, de acordo com uma fonte militar.
Dos 33 feridos, apenas uma pessoa continua internada na sequência do incidente com um avião da TAP. Valeu a rapidez de reflexos dos pilotos em resposta ao incidente.

Posted by prcpf at agosto 21, 2004 12:09 AM
Comments
E felizmente não teve consequências de maior, àparte do susto que deve ter sido enorme. Mas deixa-me só fazer um comentário menos simpático: porque é que as pessoas, assim que o avião sobe tiram os cintos mesmo que não estejam a pensar ir a lado nenhum ? Nem sequer é um cinto muito incómodo contrariamente, por exemplo, aos cintos de segurança dos automóveis. E tinham-se evitado ferimentos, né ? Bom fim de semana Posted by: inconformada at agosto 21, 2004 09:48 AM
O pilota da Tap está de parabéns, pelo seu sangue frio e rapidez de reflexos. Eu normalmente mantenho sempre o cinto posto. Bom fim de semana Posted by: Maria Papoila at agosto 21, 2004 01:39 PM
Ola, tudo bem? realmente, foi um bom reflexo dos pilotos qto a manobra do avião. Tentei comentar na matéria anterior, pra dizer, que não importa se sejam brasileiros ou portugueses, o que importa é ajudar quem precisa! bjus bom final de semana pra todos... Posted by: JOR at agosto 21, 2004 01:53 PM
Fogo, ainda bem que tudo correu bem dentro do possível. Se fosse comigo entrava logo em pânico. :p Posted by: Netboy at agosto 21, 2004 03:25 PM
Assusta só de pensar no que podia ter acontecido. Posted by: O Engenheiro at agosto 21, 2004 07:15 PM
Fora o que se passa e que nunca nos chega aos ouvidos.. =x Posted by: Pecola at agosto 21, 2004 07:16 PM
mais valem 33 feridos que 140 mortos.o k aconteceu foi um absurdo e esperemos que não venham haver mais incidenes destes...pk se os aviões xocassem...a coisa ia ficar muuuuito feia.Parabéns ao piloto!!bjos** Posted by: Kika at agosto 22, 2004 11:48 AM
Foi óptimo para o nosso ministro da agricultura: ficou famoso de um dia para o outro! Alguém sabia quem ele era antes deste quase trágico acontecimento? :)* Posted by: saltapocinhas at agosto 22, 2004 07:45 PM
no meio da desgraça salvou-se o facto de nao haver mortos nem estragos Posted by: patinhas at agosto 26, 2004 09:41 AM
ainda bem que nao aconteceu nada de grave e pra proxima tenham mais cuidado Posted by: blackqueen at setembro 12, 2004 06:14 PM
Comentário









Lembrar-se de mim?